Connect with us

Notícias

A novela da via Miguel Melhado, que liga Vinhedo a Campinas

Artigo

em

O lançamento do edital para duplicação e recuperação da rodovia Miguel Melhado Campos (SP-324) – que liga Vinhedo e Campinas ao aeroporto de Viracopos – está com 45 dias de atraso e não há indícios de quando será publicado. A obra é reivindicada há 20 anos e a publicação do edital para a escolha da empresa executora estava prevista para o dia 15 de junho passado, há um mês e meio.

A rodovia de pista única e mão dupla é precária, apresenta buracos no asfalto, não tem acostamento e nem passarelas, e recebe um fluxo de 5 mil veículos por dia. Há uma circulação diária de milhares de pedestres e ciclistas na região bastante populosa próxima ao aeroporto, formada por bairros como Campo Belo, Cidade Singer, Jardim Fernanda, São Domingos, Jardim Marisa, Jardim Itaguaçu e outros. É bastante acessada também por veículos, já que liga as vias Anhanguera (SP-330) e Bandeirantes (SP-348) ao aeroporto de Viracopos.

O lançamento do edital para execução da obra foi confirmado para o dia 15 de junho pelo vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia, em reunião com o prefeito de Vinhedo, Dario Pacheco. No mesmo dia, o subsecretário de Relacionamento com Municípios, Fernando Fernandes, da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Regional de São Paulo, ratificou a notícia aos membros da Associação do Parlamento da Região Metropolitana de Campinas (RMC).

O projeto prevê passagem de nível elevado para carros, acesso a pedestre e ciclofaixa. A duplicação será de um trecho de aproximadamente quatro quilômetros – da confluência do Anel Viário José Roberto Magalhães Teixeira, em Vinhedo, até a rodovia Santos Dumont – incluindo um prolongamento até Viracopos.

O vereador Carmo Luiz (PSC), que acompanha o movimento de duplicação há 20 anos, destacou que a obra é muito aguardada pela população da região e até pelas pessoas que acessam o aeroporto de Viracopos, tanto de Campinas como de outras cidades. “Na década de 90, essa rodovia servia como rota de fuga de pedágios para quem acessava o aeroporto e outras regiões de Campinas. Depois da instalação de um pedágio, isso diminuiu, mas a rodovia continua muito movimentada, principalmente em uma região que une vários bairros”, comentou.

Carmo ressaltou que a área adensada provocou a colocação de lombadas para redução de acidentes e mortes. “Mesmo assim, a rodovia registra quase diariamente a ocorrência de vítimas fatais em acidentes”, afirmou.

O atraso na publicação do edital foi criticado. “Não tem explicação para esta demora. Parece que o governo estadual esqueceu de publicar. Pedi explicações e ninguém soube responder”, comentou. “Quanto mais o Estado demorar a publicação do edital, mais tarde será iniciada a obra. Antes do atraso, a expectativa era a de começar os trabalhos no final deste ano e a previsão de conclusão, de 24 meses a partir da definição da concessão”, explicou Carmo.

População cobra rapidez

Josi Miranda, funcionária do aeroporto e moradora da região, disse que a demora na publicação do edital é um desrespeito à população dos bairros próximos e uma falta de consideração com os motoristas que utilizam a rodovia. “Tem que ter passarelas urgentemente, sinalização e até semáforos nesta região dos bairros. Acidentes ocorrem com frequência e quem mais sofre é a população. Atravessar a via é uma ação muito perigosa e difícil”, disse.

A moradora continuou apontando a precariedade na rodovia. “O trânsito é constante e ninguém para. As pessoas que tentam usar o transporte coletivo, às vezes, perdem o horário de trabalho ou estudo, porque não dá tempo para atravessar e entrar nos ônibus”, reclamou. Quanto ao atraso no edital, Josi disse que o governo estadual deve dar uma atenção maior.

Almir Valério Barbosa, empreiteiro de obras e morador da região, estava ontem de bicicleta e reclamou também da falta de agilidade para iniciar as obras de duplicação. “Moro aqui há mais de 20 anos e desde que me mudei para cá existe essa expectativa de melhorias na rodovia. Já vi muitos acidentes e a vida da população aqui é sofrida. Tem que duplicar o mais rápido possível”, defendeu.

O comerciante José Bonfim Mendes, que atua às margens da rodovia, pediu para que as obras sejam iniciadas com maior rapidez. “Já faz muito tempo que as pessoas pedem pela obra. Agora, o governo demora a abrir licitação. Não consigo entender o porquê de tanta lentidão, pois já tem verba garantida para isso e será um benefício para todos”, reclamou. “Gostaria também de ter informações sobre o projeto para ver o que está planejado para o comércio na região e, assim, investir também em melhorias”, disse.

Resposta do Estado

Questionados sobre os motivos do atraso na publicação do edital, a assessoria de comunicação da Secretaria de Transportes e Logística enviou a seguinte nota: “O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informa que trabalha na conclusão do projeto de duplicação da rodovia Miguel Melhado Campos”.

 

Continue lendo
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Carro pega fogo e mobiliza o Corpo de Bombeiros em Valinhos

Artigo

em

Por

Carro pegou fogo durante a manhã em Valinhos (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros de Valinhos)

 

Um carro pegou fogo na manhã desta quarta-feira (27) na Rua Vereador Walter Obmer Woelzke, próximo ao CLT (Centro de Lazer do Trabalhador), em Valinhos.

O Corpo de Bombeiros da cidade foi acionado. De acordo com a corporação, um casal que estava no veículo quando as chamas se alastraram não ficou ferido.

A via ficou interditada durante o atendimento. As chamas foram controladas rapidamente e o automóvel ficou parcialmente queimado.

Não se sabe o que teria causado o incêndio. 

Carro pegou fogo durante a manhã em Valinhos (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros de Valinhos)

Continue lendo

Notícias

DE CADA 10 MORADORES DE VALINHOS 8 ESTÃO IMUNIZADOS

Artigo

em

Por

Valinhos chegou, nesta terça-feira, dia 36, à marca de 198 mil vacinas aplicadas contra a covid-19 na população, sendo que 8 a cada 10 valinhenses, com idade superior a 12 anos, estão com os esquemas de vacinação completos.

O município registrou nesta semana o menor número de pacientes internados nos hospitais da cidade com a covid-19 em 2021, sendo um dos diversos efeitos positivos que a vacinação contra a doença gera.

Vá até a sede da Vigilância Epidemiológica, se você perdeu alguma dose da vacina, localizada na Avenida Brasil, 144, de segunda a sexta-feira das 8h às 16h, com documento de identificação, comprovante de vacinação e endereço.

Já os idosos com mais de 60 anos que tomaram a segunda vacina contra a covid-19 há 6 meses, estão aptos para a tomarem a dose de reforço, em alguma UBS, com esquema de distribuição próprio em cada unidade e também através do agendamento no site: valinhosportal.siss.online.com.br. 

Continue lendo

Notícias

VALINHOS TERÁ ‘CORRIDA DO DOCE’

Artigo

em

Por

A parceria entre as lojas Ápice Store, Belle Brás, Cacau Brasil, Toy Kids, Natura, Ponto 1, Cris do Monte, Cris do Monte II, Alore Semi Joias, Ateliê da Rô, VM Store, Sapeca, Vizual Calçados, Broken Phone, Link On e Sou Nude, todas de Valinhos, resultou em uma grande brincadeira para as crianças neste ‘Dia das Bruxas’.

As inscrições foram abertas hoje, dia 26, e o evento será sábado, dia 30, a partir das 9h. No dia da brincadeira, as crianças receberão um balde de abóbora para irem pegar os doces com as 16 lojas que estão participando da campanha e devem ser retirados até às 10h30.

Para fazer a inscrição e saber mais informações, entre em contato pelo Whatsapp (19) 988762706.

Continue lendo

+ VISTOS

Copyright © 2021, powered by Notícias de Vinhedo.