Connect with us

Notícias

Campinas e mais 15 cidades realizam ações de vacinação contra Covid-19 neste sábado; confira

Artigo

em

Cidades da região de Campinas vacinam moradores contra Covid-19 neste sábado — Foto: Fernanda Sunega/Prefeitura de Campinas

Dezesseis cidades da região de Campinas (SP) realizam ações de vacinação da população contra a Covid-19 neste sábado (11). Na metrópole, a aplicação dos imunizantes em dois locais ocorre sem a necessidade de agendamento. Confira, abaixo, a lista de cidades.

Além de Campinas, terão campanha de vacinação neste final de semana: Americana (SP), Amparo (SP), Espírito Santo do Pinhal (SP), Hortolândia (SP), Indaiatuba (SP), Louveira (SP), Mogi Guaçu (SP), Mogi Mirim (SP), Morungaba (SP), Paulínia (SP), Pedreira (SP), Santo Antônio do Jardim (SP), Sumaré (SP), Valinhos (SP) e Vinhedo (SP).

Dez municípios não abrem os postos neste final de semana: Águas de Lindóia (SP), Artur Nogueira (SP), Itapira (SP), Jaguariúna (SP), Holambra (SP), Monte Alegre do Sul (SP), Monte Mor (SP), Santo Antônio de Posse (SP), Serra Negra (SP) e Socorro (SP). As informações foram levantadas pelo g1 junto às 31 prefeituras da área de cobertura de Campinas e Região.

Do total, cinco prefeituras não informaram os seus cronogramas de vacinação para este final de semana. São elas: Estiva Gerbi (SP), Lindóia (SP), Pedra Bela (SP), Pinhalzinho (SP) e Tuiuti (SP).

A prefeitura informou que neste sábado (11) a aplicação de vacinas será apenas para doses adicionais. Os imunizantes disponíveis são da Pfizer e Janssen. A vacinação acontece através do agendamento pelo site oficial.

Amparo (SP) aplica primeiras, segundas e terceiras doses da vacina contra a Covid-19 neste sábado (11) nas Unidades de Saúde de Três Pontes, das 8h às 13h, e na USF Moreirinha das 8h às 17h.

Para se vacinar, é preciso apresentar documento com foto, comprovante de residência e carteirinha de vacinação, em caso de 2ª e 3ª doses. Não é necessário agendamento. Moradores a partir dos 12 anos podem receber a imunização.

A Prefeitura de Campinas realiza duas ações de vacinação contra a Covid-19 neste sábado (11), sendo que a imunização ocorre sem necessidade de agendamento e é voltada para todas as faixas etárias aptas a receber a dose.

A vacinação acontece no Centro de Saúde São José, das 8h às 17h, e na Escola Estadual Glória Aparecida Viana, no Satélite Íris 2. A imunização será aberta ao público e acontecerá durante o evento Família na Escola, das 9h às 15h30.

Durante a vacinação, serão aplicadas primeiras e segundas doses, assim como as adicionais. No caso das duas últimas, serão cumpridos os intervalos estabelecidos pelo Programa Estadual de Imunização.

É preciso levar documento com foto, CPF e comprovante de endereço. No caso de segunda dose ou dose adicional, é necessário apresentar também o cartão de vacinação. Menores de idade devem levar RG ou CPF, além de estar acompanhados dos pais ou apresentar autorização assinada pelo responsável legal.

O CS São José fica na Avenida José Carlos do Amaral Galvão, 184, no Jardim São José. A Escola Estadual Glória Aparecida Viana fica na Rua Dr Julio Wilfredo Castro Peres, s/nº, no Jardim Satélite Íris 2. Eventuais dúvidas podem ser consultadas no site oficial.

Espírito Santo do Pinhal

Moradores de Espírito Santo do Pinhal (SP) podem completar o esquema vacinal contra a Covid-19, neste sábado (11), no Bloco G da Unipinhal, na Avenida Hélio Vergueiro Leite, Jardim Universitário, das 7h às 13h.

É obrigatório apresentar comprovante da 1ª dose o e documento com foto.

Hortolândia

Hortolândia realiza mutirão de vacinação de 1ª, 2ª e 3ª doses, neste sábado (11), das 8h às 16h30. A imunização será feita somente no Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI) do Remanso Campineiro, localizado na Rua Euclides Pires de Assis, 200.

Para receber a 1ª dose é necessário apresentar Carteira de Identidade (RG) ou algum documento com foto, CPF (Cadastro de Pessoa Física) e comprovante de endereço deste ano.

Já para a 2ª dose é necessário levar o comprovante da 1ª dose, carteira de identidade (RG) ou algum documento com foto e CPF (Cadastro de Pessoa Física). Os adolescentes podem receber a 2ª dose desacompanhados de pai, mãe ou responsável.

A prefeitura ressalta que o intervalo da 2ª para a 3ª dose foi antecipado para quatro meses. De acordo com a Secretaria de Saúde, este será o último sábado do ano que haverá vacinação contra a Covid-19.

Indaiatuba

Em Indaiatuba (SP), moradores que completaram o esquema vacinal em 21 ou 22 de julho recebem a dose adicional da vacina contra a Covid-19 neste sábado (11), no Centro Esportivo, localizado na Av. Conceição, 1.885, Cidade Nova II, das 9h às 18h.

A convocação foi enviada pela Prefeitura disponível no e-mail cadastrado e também pode ser consultado através da plataforma municipal Minha Vacina.

Para receber a vacina é preciso apresentar na entrada do Centro Esportivo o QRcode de convocação, um documento com foto (RG, CPF ou CNH) e um comprovante de endereço (IPTU, conta de água ou luz).

O Centro de Vacinação (CVC) atende moradores de Louveira (SP) para imunização contra a Covid-19 das 8h30 às 12h30 deste sábado (11). A aplicação de todas as doses acontece por ordem de chegada.

O posto fica ao lado da Secretaria de Cultura, na Estrada Miguel Bossi, 130, bairro Guembê. Para receber a vacina é preciso apresentar documento original com foto e Cartão Cidadão, que pode ser substituído por comprovante de endereço.

Mogi Guaçu

Mogi Guaçu vacina moradores contra a Covid-19 sem necessidade de agendamento em 15 unidades de saúde neste sábado (11). Elas atendem das 8h30 às 15h30. Veja os locais:

  • Santa Cecília,
  • Chaparral,
  • Zona Norte,
  • Zaniboni I,
  • Chácaras Alvorada,
  • Hermínio Bueno,
  • Guaçuano,
  • Martinho Prado,
  • Fantinato,
  • Ypê II,
  • Alto dos Ypês,
  • Guaçu Mirim,
  • Ypê Pinheiro,
  • Zaniboni II,
  • Suécia.

Mogi Mirim

De acordo com a prefeitura, neste sábado (11), das 9h às 12h, acontece a vacinação contra a Covid-19 na EMEB Prof. Alfredo Bérgamo (CAIC). A imunização será para todos os grupos, abrangendo a 1ª, 2ª e 3ª doses.

A ação de vacinação contra Covid-19 em Morungaba neste sábado (11) é destinada para as pessoas com a 2ª dose atrasada do imunizante.

A imunização acontece entre 8h e 15h, no polo de vacinação no antigo hospital, na Vila Nova.

O ‘Dia D’ da vacinação contra a Covid-19 acontece neste sábado (11) e atende moradores por livre demanda nos Supermercados Calegaris I e II, das 8h às 15h. Estão disponíveis:

  • 1ª dose: para adolescentes de 12 a 17 anos;
  • 2ª dose da Pfizer: para adolescentes que receberam a primeira aplicação até 16 de outubro e para maiores de 18 anos que tomaram a 1ª dose até 18 de novembro;
  • 3ª dose: para maiores de 18 anos que receberam a dose única da Janssen até 9 de outubro.

O drive-thru de vacinação contra a Covid-19 acontece em Pedreira (SP), neste sábado (11), no Estádio Municipal. A campanha também acontece para pedestres na Central Municipal de Saúde, e atende todos os públicos aptos a receberem a imunização.

Ambos os postos estão localizados na Rua Miguel Sarkis, Parque Industrial, que atendem por livre demanda, ou seja, sem necessidade de agendamento, das 8h às 16h.

Santo Antônio do Jardim

A UBS Farmacêutico Raul da Costa Câmara estará aberta neste sábado (11) para vacinação contra Covid-19 a partir das 8h, com distribuição de senhas. Poderão receber as doses de reforço todas as pessoas maiores de 18 anos que completaram a segunda dose há mais de 4 meses. A prefeitura de Santo Antônio do Jardim prevê encerrar o atendimento por volta das 11h30.

Sumaré realiza mutirão de vacinação contra Covid-19 neste sábado (11), das 9h às 16h, e as doses estarão disponíveis no Centro Esportivo, ”Vereador José Pereira”

  • 1 dose: população a partir de 12 anos
  • 2 dose: de acordo com o prazo informado para cada fabricante. Coronavac, 28 dias; Astrazeneca, 56 dias; Pfitzer 56 dias (população de 12 a 17 anos, ou 21 dias, a partir de 18 anos)
  • 3 dose: maiores de 18 anos que receberam a segunda dose há mais de 4 meses, pessoas imunossuprimidas com 28 dias da segunda dose e população que recebeu dose da Janssen há mais de 61 dias.

Valinhos (SP) faz mutirão da vacinação contra a Covid-19 neste sábado (11), na Vigilância Epidemiológica, localizada na Avenida Brasil, na Vila Santana, 144, das 8h às 12h. Estão disponíveis primeiras, segundas e terceiras doses.

Não há necessidade de agendamento, e o atendimento será por ordem de chegada. É necessário levar documentos pessoais e, se for o caso, comprovante das doses anteriores.

A dose adicional da vacina da Janssen está disponível para maiores de 18 anos com intervalo de 61 dias da dose única, contados a partir do dia seguinte da aplicação.

A prefeitura de Vinhedo realiza vacinação sem necessidade de agendamento neste sábado (11), das 7h30 até às 14h, no Polo de Vacinação da Terceira Idade na Rua Antônio Matheus Sobrinho, 125, no bairro São Matheus.

A imunização da 1ª e 2ª dose é destinada para pessoas de 12 anos ou mais e a dose de reforço apenas para pessoas com mais de 18 anos. Moradores interessados em receber a vacina contra Covid-19 precisam levar documento com foto e comprovante de vacinação.

VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e região

Continue lendo
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Sanebavi suspende rodízio nesta quarta (19) após dois dias sem distribuição de água

Artigo

em

Por

Abastecimento ficou comprometido segunda e terça-feira devido à manutenção da ETA 1 e à posterior falta de energia na estação

A Sanebavi vai suspender o rodízio em Vinhedo para os dois setores, verde e amarelo, nesta quarta-feira (19), com distribuição de água para toda a cidade. A medida foi adotada porque o abastecimento ficou comprometido nos últimos dois dias, segunda e terça-feira, devido à manutenção da Estação de Tratamento de Água (ETA) 1 e à posterior falta de energia na estação.
 
Na quinta-feira (20) o calendário do rodízio volta a ser praticado, conforme anunciado, com suspensão do abastecimento para os bairros do setor amarelo, na sexta-feira (21) para o setor verde e, assim, sucessivamente.
 
A Sanebavi realizou a manutenção da ETA 1, conforme o programado, nesta segunda-feira (17), e suspendeu a distribuição de água para os bairros atendidos pela estação. Nesta terça-feira, o abastecimento deveria ter ocorrido em todo o município, por causa da suspensão de segunda, porém, a CPFL Paulista, ao restabelecer a energia, identificou um problema externo na rede elétrica da empresa. A equipe da companhia de energia finalizou os reparos por volta das 3h.
 
Com isso, a Estação de Tratamento ficou impossibilitada de operar por falta de energia, comprometendo o abastecimento para a população nesta terça-feira (18). No período da manhã, a estação voltou a operar com a capacidade máxima para recuperar os reservatórios, mas o retorno do fornecimento de água aconteceu de forma gradativa aos imóveis, com previsão de ser restabelecido integralmente no período da noite.
 
Dessa forma, a Sanebavi optou por liberar a distribuição da água para toda a cidade nesta quarta-feira (19) e retomar o rodízio apenas na quinta-feira. A Sanebavi solicita à população que economize água, utilizando o recuso apenas para o essencial, para que os reservatórios se recuperem o mais rapidamente possível.
 

Autor: Sanebavi

Continue lendo

Notícias

Trecho da pista de caminhada da Represa 1 será interditado a partir de segunda (17) para obras da Sanebavi

Artigo

em

Por

Isolamento é necessário para a segurança da população enquanto as máquinas estão trabalhando no local

A partir da próxima segunda-feira (17), parte da pista de caminhada da Represa 1 será interditada pela Sanebavi  para a operação das máquinas que estão trabalhando na retirada da areia e limpeza do reservatório.  A medida de segurança evita riscos de acidentes com pedestres e ciclistas que frequentam o local.
 
Nessa etapa, o isolamento será feito na área próximo às caixas de areia e no trecho do bebedouro até a passarela localizada na parte de trás do lago. Conforme o cronograma de execução dos serviços, os trechos vão sendo liberados e o fechamento ocorre em outros pontos ao redor da represa.  Toda área com restrição de passagem de pedestres terá sinalização. 
 
 “O isolamento é necessário para conter a aproximação da população enquanto as obras estão em andamento. Pedestres e máquinas não podem dividir o mesmo espaço. São máquinas grandes e temos que zelar pela segurança de todos”, afirmou o diretor Operacional da Sanebavi, Dirceu Machado. 
 
A limpeza das caixas de retenção de areia e bordas da Represa 1 vai aumentar a capacidade de reservação permitindo o armazenamento de mais 10 milhões de litros de água bruta. Cerca de 1,3 mil caminhões de areia, lodo e vegetação estão previstos para serem retirados do local, totalizando aproximadamente 10 mil metros cúbicos de detritos alojados próximos da margem da represa.  A obra está prevista para ser concluída em 30 dias.
 

Autor: Sanebavi

Continue lendo

Notícias

Roteiro Agroturismo, no Espírito Santo, é o último a ser validado pelo Ministério do Turismo

Artigo

em

Por

O Ministério do Turismo e a Universidade Federal Fluminense (UFF) finalizaram no último mês uma série de validações nos oito roteiros do projeto Experiências do Brasil Rural. A rota Agroturismo, localizada na cidade de Venda Nova do Imigrante (ES), foi o último destino da equipe composta por técnicos de ambas as instituições. Esta é uma das últimas etapas da iniciativa, desenvolvida em conjunto com o Ministério das Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que capacita empreendedores para o desenvolvimento do turismo no campo.

A rota no Espírito Santo, repleta de traços da colonização italiana, envolve um conjunto de 35 propriedades agrícolas familiares, hotéis e restaurantes, entre outros, onde o turista pode provar diversas especiarias e, de quebra, conhecer o processo de fabricação. O recheado cardápio inclui delícias como queijos e derivados do leite, embutidos, cafés especiais, cervejas artesanais, cachaças, vinhos, massas, biscoitos, doces e a famosa polenta – ícone do município, feita com milho específico -, todas elas apresentadas por anfitriões durante as visitas.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, não poderia haver destino melhor para encerrar estas visitas que tanto contribuíram para o aprimoramento do setor. “Os atrativos rurais do país – referência mundial no setor agrícola – têm um enorme poder de atrair visitantes. O nosso objetivo é ampliar a oferta turística nacional, bem como gerar alternativas de renda a agricultores familiares que também trabalham o turismo, com reflexos extremamente positivos na geração de emprego e renda. E o Espírito Santo tem espaço de sobra para ser uma referência no turismo de experiência”, disse.

Os atrativos da rota incluem outras vivências típicas do campo, a exemplo de um sítio que permite contato próximo com animais envolvidos na elaboração de laticínios e carnes. Também é possível conhecer a produção de socol (embutido de carne suína) e participar da fabricação caseira de massas, bem como praticar “colha e pague” de morango e passear por parreirais destinados à confecção de sucos e vinhos. Há ainda a singular alternativa de acompanhar a colheita de lavanda e de orquídeas, atividades muito procuradas por turistas.

Ana Venturim, da Família Venturim, foi um dos empreendimentos visitados. Para ela o projeto despertou a autoestima e valorizou o que para eles era algo simples. “Demos mais um passo na direção de acreditar que podemos ganhar dinheiro com nossa história familiar. Isso é motivo de orgulho para todos que compõem essa rota. Oferecemos ao turismo o que sempre fazemos em casa. Isso preenche nossa alma de entusiasmo, alegria e saudade”, pontuou.

A representante Carla Caliman observa que as capacitações do Experiências do Brasil Rural ajudam a preparar o roteiro para a tendência de incremento do turismo no campo no período pós-pandemia. “Considerando esse momento da pandemia, delicado para o turismo, a gente precisa agora se atualizar para compreender as mudanças no fluxo turístico, o que os turistas têm buscado. Então, realmente é muito importante ter esse momento das capacitações, para a gente pensar as próximas metas para o nosso roteiro como um todo”, aponta.

FESTAS – Celebrações alusivas à colonização italiana também figuram entre as opções. Em outubro, ocorre a Festa da Polenta, realizada há 43 anos e que homenageia o alimento-base dos primeiros imigrantes. O ponto alto do evento, organizado por voluntários e com perfil filantrópico, é o “tombo da polenta”, quando 1.200 quilos da comida são despejados de uma panela gigante. Já no mês de julho, acontece a Serenata Italiana, quando moradores saem às ruas cantarolando canções típicas, com direito a uma “polenta-móvel” e a um fogão à lenha sobre rodas, que servem iguarias típicas regadas a muito vinho.

HISTÓRICO – Os primeiros negócios do roteiro iniciaram atividades no final da década de 1980, tendo como principais características a ruralidade, as tradições familiares e a gastronomia. No início dos anos 90, empreendedores conheceram na Itália o modelo de “Agriturismo” e adotaram o formato de Agroturismo no Brasil, conceito este utilizado em destinos capixabas e de outros estados. A iniciativa rendeu a Venda Nova o título de Capital Nacional do Agroturismo, conferido no ano de 2005 pela Associação Brasileira de Turismo Rural (Abratur).

PROJETO – Além do Agroturismo do Espírito Santo, integram o Experiências do Brasil Rural os roteiros Terra Mãe do Brasil, seus caminhos, segredos e sabores, da Bahia; a Rota Amazônia Atlântica, do Pará; a Rota do Queijo Terroir Vertentes e a Rota Gourmet das Terras Altas da Mantiqueira, em Minas Gerais; o Caminhos do Campo, em Santa Catarina; e a Ferradura dos Vinhedos e o Roteiro Farroupilha Colonial, no Rio Grande do Sul.

Anteriormente às visitas, os empreendedores passaram por um processo de análise de seus atrativos e participaram de capacitações sobre as cadeias produtivas de interesse do projeto: queijos, vinhos, cervejas e frutos da Amazônia.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destaca a atenção do governo federal à adequada estruturação do meio rural para o aproveitamento turístico das potencialidades do campo. “Os atrativos rurais do país – referência mundial no setor agrícola – têm um enorme poder de atrair visitantes. O nosso objetivo é ampliar a oferta turística nacional, bem como gerar alternativas de renda a agricultores familiares que também atuam no turismo, com reflexos extremamente positivos na geração de emprego e renda”, explica.

Por Victor Maciel

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Continue lendo

+ VISTOS

Copyright © 2021, powered by Notícias de Vinhedo.