Connect with us

Notícias

Prefeituras de Vinhedo, Valinhos e Itatiba iniciam diagnóstico da rede de Saúde

Artigo

em

Secretários definem estratégias para consórcio intermunicipal

Os integrantes dos governos de Vinhedo, Valinhos e Itatiba começam esta semana a mapear as redes de Saúde, uma das etapas para a criação do Consórcio Intermunicipal. Os prefeitos querem melhorar o atendimento, ampliar as vagas, otimizar as equipes que trabalham no setor e inovar com um modelo de gestão eficaz. Os secretários de Saúde, de Governo e Chefes de Gabinete se reuniram na manhã desta terça-feira, 25, em Vinhedo, e criaram também um grupo técnico que participará desta análise. A próxima reunião será na terça-feira, dia 1° de agosto.

Os secretários e técnicos farão o levantamento, por exemplo, de vagas em hospitais, de equipes, laboratórios, unidades básicas de saúde, quantidade de atendimento em cada cidade, volume de distribuição de remédios e sistemas de gestão. A ideia é avaliar o quadro operacional, a demanda e principais gargalos de cada município e montar um plano a partir do atual cenário para a integração das redes.

A Saúde é hoje o principal problema das cidades. A maioria gasta mais que o dobro do que é determinado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) – 15% do orçamento – e, mesmo assim, não consegue suprir a demanda. O repasse do governo federal para o Sistema Único de Saúde (SUS) e os aportes do Estado também são insuficientes para ampliar o atendimento e melhorar a estrutura. O consórcio foi pensado pelos prefeitos das três cidades da RMC para contornar esses problemas e oferecer mais serviços.

O secretário de Saúde de Vinhedo, Alexandre Viola, disse que o problema das cidades são semelhantes e que é preciso buscar alternativas. Neste cenário, o consórcio se torna eficaz para gerar economia e melhorar as políticas públicas. “As prefeituras e a população só têm a ganhar nesse modelo de gestão. Um consórcio desse tipo pode otimizar compras para medicamentos, por exemplo, ampliando essa oferta na rede dos três municípios”, comentou.

O secretário de Saúde de Valinhos, Nilton Tordin, afirmou que o consórcio ajudará os municípios neste período de crise, mas também será uma ferramenta essencial para uma gestão eficiente do setor. “Estamos hoje amarrados, principalmente pelo baixo orçamento. Fizemos algumas parcerias, mas precisamos avançar. A ideia do consórcio é justamente essa. Otimizar a rede e trabalhar em parceria com o que temos de melhor em cada cidade”, disse.

O consórcio prevê a parceria com o Hospital Galileo, as Santas Casas de Vinhedo, Valinhos e Itatiba, além das unidades básicas de atendimento. Para a elaboração desse projeto, as prefeituras contam com o apoio do Instituto Carlos Matus e da Faculdade São Leopoldo Mandic, além de representantes de todos os hospitais.

Os secretários terão um novo encontro na próxima semana com a equipe técnica de cada cidade. Com o mapeamento, as equipes trocarão informações para montar a estratégia de consolidação do consórcio.

Arrecadação

Os municípios recebem apenas 5% do que é arrecadado pela União no País. O governo federal fica com 70% e os estados com 25%. Mesmo com o menor repasse, as cidades ficam com a grande responsabilidade de organizar toda a rede, distribuir os recursos e fazer a estruturar funcionar com um orçamento cada vez mais enxuto.

O secretário de Saúde de Itatiba, Fabio Luiz Alves, acredita que o modelo de gestão ajudará a qualificar a rede. “O principal fator de motivação é poder qualificar os processos, melhorar a informatização e obter indicadores de qualidade para garantir intervenções em toda a rede e agilizar o atendimento para a população”, disse.

Continue lendo
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Vinhedo retoma campanha de incentivo com picolés e livros para crianças vacinadas

Artigo

em

Por

A campanha de incentivo à vacinação e à leitura em Vinhedo continua sendo realizada em Vinhedo para crianças de 5 a 11 anos de idade, com distribuição de livros e picolés. As crianças imunizadas recebem ainda um certificado de coragem em seu nome. Nesta fase da vacinação de crianças, estão sendo imunizadas as que têm comorbidades e são deficientes. A campanha é realizada sem custos para a Prefeitura. Os picolés foram doados pela Sorveteria Ideal e Pomar da Amazônia. Os livros são da Biblioteca Municipal, doados por pessoas, entidades, autores e editoras.
 
A ação é coordenada pela Secretaria de Cultura e Turismo, em parceria com as empresas e a Biblioteca, e está prevista para ocorrer até fevereiro, enquanto houver picolés e livros para serem doados. Até esta quarta-feira, foram doados pelas sorveterias 1.150 picolés e 1.300 livros foram disponibilizados pela Biblioteca Municipal para serem entregues às crianças.
 
Esta semana, a vacinação acontece, até sexta-feira, em três Unidades Básicas de Saúde (UBSs) sem necessidade de agendamento. As doações de picolés e livros acontecem nesse locais, UBSs Vila Planalto, Vila João XXII e Meirelles (Capela). O atendimento nas UBSs acontece por ordem de chegada.
Vacinação de crianças de 5 a 11 anos com comorbidades e deficiência (PCDs)

Vacinação 

Dias 19, 20 e 21 de janeiro, quarta, quinta e sexta-feira

UBS Vila Planalto – Rua Brasília, 273, Vila Planalto
Distribuição de senhas a partir das 7h30
 
UBS Vila João XXIII – Rua Artur Biancalana, 120, Vila João XXIII
Distribuição de senhas a partir das 12h15

UBS Dr José Osmar Meirelles dos Santos – Rua Agenor de Matos, 170 – Capela
Distribuição de senhas a partir das 12h15

Comorbidades

Diabetes Mellitus
Pneumopatia crônicas graves
Hipertensão Arterial 
Insuficiência cardia
Cor pulmonale e Hipertensão pulmonar 
Cardiopatia Hipertensão
Síndrome coronarianas
Valvopatias
Miocardiopatia e pericardiopatias
Doença da Aorta,dos grandes vasos e fistulas arteriovenosas
Arritmias cardíacas 
Cardiopatia congênita
Próteses valvares e dispositivo cardíacos implantado
Doenças neurológicas crônicas 
Doenças renais crônicas 
Imunocomprometidos
Hemoglobinopatias graves
Obesidade mórbida 
Sindrome de down
 

Continue lendo

Notícias

Vinhedo continua vacinação de crianças com comorbidade e PCDs até sexta-feira (21)

Artigo

em

Por

A Secretaria de Saúde de Vinhedo vai continuar vacinando crianças de 5 a 11 anos, com comorbidades ou deficientes, até sexta-feira nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Vila Planalto, Vila João XXII e Meirelles (Capela). A vacinação estava prevista para acontecer até esta quarta-feira (19), mas foi estendida até sexta, nos mesmos locais e horários, sem necessidade de agendamento neste momento. Serão distribuídas senhas em cada unidade a partir do início do horário de atendimento, conforme os horários abaixo.
 
A Secretaria de Saúde que recebeu na sexta-feira passada (14) 360 doses para imunizar moradores com comorbidade e pessoas com deficiência na faixa entre e 5 e 11 anos, que estão sendo priorizados nessa etapa da vacinação desse público. Nesta quarta, mais 430 doses foram enviadas pelo governo estadual para esse público. O governo estadual ainda não divulgou o calendário de vacinação, mas a previsão é de que as demais crianças de 5 a 11 anos sejam vacinadas a partir de fevereiro por ordem decrescente de idade.  
 
O atendimento nas UBSs é por ordem de chegada. As crianças devem estar acompanhadas pelos responsáveis maiores de idade. É preciso levar Cartão Cidadão, documento com foto, CPF da criança, comprovante de endereço caso o morador não tenha o Cartão Cidadão e laudo, exame ou receita médica com comprovação da comorbidade.
 
A Secretaria de Saúde solicita ainda que os responsáveis levem o cartão de vacinação da criança. Caso a criança tenha recebido alguma vacina nos últimos 15 dias, não pode receber a imunização contra o coronavírus, é preciso esperar 15 dias. 
 
A Prefeitura solicita aos moradores que façam o pré-cadastro no Vacina Já, do governo estadual, https://www.vacinaja.sp.gov.br/. O pré-cadastro não funciona como agendamento, mas agiliza o atendimento dos moradores, evitando filas e demora, porque as informações cadastrais já ficam disponíveis no sistema. Moradores que não fizerem o pré-cadastro no site precisam preencher o formulário com as informações da criança no momento da vacinação. 
 
 
Vacinação de crianças de 5 a 11 anos com comorbidades e deficiência (PCDs)

Dias 19, 20 e 21 de janeiro, quarta, quinta e sexta-feira

UBS Vila Planalto – Rua Brasília, 273, Vila Planalto
Distribuição de senhas a partir das 7h30
 
UBS Vila João XXIII – Rua Artur Biancalana, 120, Vila João XXIII
Distribuição de senhas a partir das 12h15

UBS Dr José Osmar Meirelles dos Santos – Rua Agenor de Matos, 170 – Capela
Distribuição de senhas a partir das 12h15

Comorbidades

Diabetes Mellitus
Pneumopatia crônicas graves
Hipertensão Arterial 
Insuficiência cardia
Cor pulmonale e Hipertensão pulmonar 
Cardiopatia Hipertensão
Síndrome coronarianas
Valvopatias
Miocardiopatia e pericardiopatias
Doença da Aorta,dos grandes vasos e fistulas arteriovenosas
Arritmias cardíacas 
Cardiopatia congênita
Próteses valvares e dispositivo cardíacos implantado
Doenças neurológicas crônicas 
Doenças renais crônicas 
Imunocomprometidos
Hemoglobinopatias graves
Obesidade mórbida 
Sindrome de down
 

Continue lendo

Notícias

Sanebavi suspende rodízio de abastecimento de água até segunda-feira (24)

Artigo

em

Por

Medida vale a partir desta quarta-feira (19) até a segunda-feira (24), quando nova avaliação da situação hídrica do município será feita

A Sanebavi decidiu suspender o rodízio de abastecimento de água em Vinhedo, até segunda-feira (24), considerando as instabilidades no sistema da Estação de Tratamento de Água (ETA) 1 nos últimos dias, em função das manutenções realizadas na unidade. A medida vale a partir desta quarta-feira (19) até a segunda-feira (24), quando nova avaliação da situação hídrica do município será feita para definir a continuidade ou suspensão definitiva do rodízio.
 
“Vamos fazer uma análise durante esses dias de suspensão do rodízio, para ver como se comportará o sistema e, a partir disso, definirmos o prolongamento ou encerramento do rodízio. Se conseguirmos uma recuperação satisfatória, inclusive frente às chuvas, conseguiremos ampliar a oferta de água para a população.  A colaboração da população com o consumo moderado da água é fundamental neste período”, afirma o superintendente da Sanebavi, Jaderson Spina.
 
Dessa forma, a partir desta quarta-feira todos os bairros atendidos pelo Sistema ETA1, tanto do setor verde como o amarelo, terão o abastecimento sem interrupções durante os próximos seis dias, até a nova avaliação do sistema.
 

Autor: Sanebavi

Continue lendo

+ VISTOS

Copyright © 2021, powered by Notícias de Vinhedo.