Connect with us

Notícias

Taxa de letalidade da COVID-19 cai para 2,69% em Valinhos

Artigo

em

Com o aumento do número de pessoas vacinadas na cidade de Valinhos, o aumento da testagem e consequentemente o aumento de casos confirmados, a taxa de letalidade da cidade caiu e atinge neste momento 2,69%.

Em abril, mesmo no pico da segunda onda da doença, a cidade apresentava 2,90% de letalidade, número menor do que em dezembro de 2020, que apresentava uma taxa de 3,12%. Em julho, esse número já era menor: 2,77%. Nesta terça-feira, dia 10 de agosto, o número de óbitos em relação ao total de casos confirmados é 2,69%.

Este importante resultado positivo confirma que a vacinação é o caminho para vencer a doença. Em junho, a Prefeitura de Valinhos montou uma força-tarefa para ampliar e agilizar a vacinação dos munícipes. A meta é vacinar até o fim de agosto, com ao menos a 1ª dose, 100% das pessoas com mais de 18 anos na cidade. Com isso, a previsão da imunização completa da população adulta é até o final de novembro.

Hoje, 84,22% da população adulta já está vacinada com a primeira dose e 34,02% está completamente imunizada com a segunda dose ou dose única da vacina, totalizando 116.648 doses aplicadas na cidade. Este resultado é um dos melhores entre as 20 cidades da Região Metropolitana de Campinas.

Nesta semana, a Prefeitura realizará a aplicação da primeira dose na população com 20 anos ou mais e, em breve, avançará para 18 anos. Além disso, em relação à segunda dose, estão sendo vacinados os munícipes que tomaram a primeira dose da CoronaVac até 23 de julho e da AstraZeneca até 20 de maio. A prefeitura afirma que nenhum valinhense está com a segunda dose atrasada no município.

As internações pela doença também estão em queda. Nesta terça-feira (10), 27 pacientes estão internados em leitos de UTI Covid, nos dois hospitais da cidade, Santa Casa e Galileo, mantendo o menor número de internados deste ano de 2021. Isto representa uma redução de 61,43% em relação a 31 de março de 2021, data de maior registro de internados em UTI Covid na cidade. 20 pacientes estão em leitos de Enfermaria Covid, nos dois hospitais da cidade. Este é um dos menores índices deste ano, 71,01% menor do que em 31 de março de 2021.

Continue lendo
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Confira mais de 30 vagas de emprego para moradores de Vinhedo e região

Artigo

em

Por

propaganda do Google Artigo Top

  • TÉCNICO QUÍMICO CRQ ATIVO, EXPERIÊNCIA COM ENSAIOS FISICO – QUÍMICOS DE PRODUTOS. Realizar ensaios físico-químicos de produtos intermediários e acabados, controle de qualidade, Primas, Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira.
  • OPERADOR DE IMPRESSÃO Experiências maquinas Flexográfica, montagem de clichês.  Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira.
  • MECÂNICO DE MANUTENÇÃO Experiências na função. Técnico em mecânico ou Mecatrônica.  Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira.
  • ESTOQUE Experiência de função, estoque e abastecimento, armazém, separação.  Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira.
  • AJUDANTE DE CARGA E DESCARGA Para trabalhar indústria, logística é carregamentos de veículos.  Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira, Campinas (Região Campo Belo/São Domingos).
  • AUXILIAR ALMOXARIFADO Para trabalhar indústria, logística.  Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira, Campinas (Região Campo Belo/São Domingos).
  • CONFERENTE Para trabalhar indústria, logística.  Residir Vinhedo, Louveira, Campinas (Região Campo Belo/São Domingos).
  • ELETROMÊCANICO Experiências na função. Curso de elétrica, conhecimento manutenção maquinas Extrusora e Injetora plásticas.  Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira.
  • COMPRADOR Experiência na função, superior completo. Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira.
  • OPERADOR LOGISTICO Experiência na função, com curso de Empilhadeira. Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira
  • TÉCNICO SEGURANÇA DO TRABALHO Curso completo. Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira
  • TÉCNICO DE LABORÁTORIO JR Técnico Química, indústria química, teste de Tintas em laboratório, novas cores de formulação. Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira, Jundiaí, Campinas.
  • TELEVENDAS Experiências com vendas ativas e receptivas, prospecção de novos clientes envio de proposta. Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira, Jundiaí.
  • AUXILIAR DE MANIPULAÇÃO Segmento químico. Carregar e Operar equipamentos de Mistura, Envase e Rotulagem cumprindo com os padrões operacionais existentes e da capacitação obtida;
  • AJUDANTE DE MANUTENÇÃO PREDIAL Experiências com pequenos reparos, alvenaria, pinturas, elétrica e hidráulica. Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira, Campinas.
  • VAGAS PARA PCD Para trabalhar em Louveira, hotel escala 6X1. Residir Vinhedo, Louveira, Jundiaí.
  • VENDEDOR DE LOJA Experiências com atendimento aos clientes, organização de vitrinas. Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira.
  • PROJETISTA Experiência com mecânica e equipamentos, conhecimento com Software Inventor e Auto Cad 2D 3D. Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira. Campinas, Jundiaí.
  • AUXILIAR DE PRODUÇÃO Ensino médio, ter disponibilidade de horários. Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira.
  • AJUDANTE DE COZINHA Experiência na função, Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira. Campinas (região do Campo Belo/São Domingos).
  • COZINHEIRA Experiência na função, Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira. Campinas (região do Campo Belo/São Domingos).
  • CONFEITEIRA Experiência na função, Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira. Campinas (região do Campo Belo/São Domingos)
  • FERRAMENTEIRO Experiência na função moldes plásticos, Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira
  • ANALISTA DE LOGISTICA Experiência na função, Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira
  • SERRALHEIRO Experiência na função.  Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira.
  • SOLDADOR Experiência na função MIG, TIG, CARNOBO E INOX.  Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira.
  • AUXILIAR DE CONTROLE DE QUALIDADE Experiência na função e cursos na área. Residir Vinhedo, Valinhos.
  • ESTÁGIO TÉCNICO ELETRÔNICO Cursando Técnico. Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira
  • PRENSISTA Experiência na função. Residir Vinhedo, Louveira
  • TORNEIRO MECÂNICO TORNO CNC E CONVENCIONAL. Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira, Jundiaí.
  • MOTORISTA Experiência na função, CNH D, para trabalhar em Loja de materiais de construção. Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira, Jundiaí.
  • ANALISTA DE PCP Experiência na função, Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira, Jundiaí.
  • MISTURADOR Experiência na função.  Residir Vinhedo, Valinhos, Louveira.

Interessados  da vagas acima entrar em contato com a LOBBY EMPREGOS

INTERESSADO ENVIAR CURRICULO PARA EMAIL:[email protected]

 Praça Santana, nº 43, Centro de Vinhedo

www.lobbyempregos.com.br

Propaganda do Google Artigo Baixo

Continue lendo

Notícias

Aulas presenciais em Valinhos terão retorno presencial liberado para 100% dos alunos a partir de 3 de novembro

Artigo

em

Por

A partir do dia 3 de novembro, as aulas da Rede Municipal de Ensino, em Valinhos, terão a possibilidade de 100% dos alunos de forma presencial. O retorno será para alunos que frequentam desde a creche, passando pela pré-escola, Fundamental I e II, e EJA (Educação de Jovens e Adultos). A volta não será obrigatória para os estudantes, podendo as famílias optarem por manter o ensino remoto, via Plataforma EducaDigital, com a mesma qualidade do presencial.

A decisão pode ser conferida no decreto publicado Boletim Municipal desta terça-feira (19), na edição 2.175, no site da Prefeitura de Valinhos. “O retorno das aulas na cidade foi planejado desde o início do ano letivo, em fevereiro. Voltamos de forma gradual e chegamos até 50% de capacidade presencial, desde setembro. Cada novo passo dado durante este período foi pensado e conversado com o nosso comitê, sempre tendo em mente a segurança dos nossos alunos, seus familiares e nossa equipe da Educação”, garantiu a prefeita Capitã Lucimara Godoy.

A retomada das aulas tem como parâmetro o que foi divulgado pelo Governo do Estado de São Paulo. “Temos capacidade para receber 100% dos nossos alunos”, assegurou o secretário da Educação, Cleber Magdalena, que lembrou que as escolas passaram por adequações necessárias para o retorno gradual.

“Implantamos melhorias porque a cidade caminhava para o retorno 100% presencial”, acrescentou o secretário. A partir de novembro, também alinhado às diretrizes do Governo do Estado, não será mais necessário o distanciamento mínimo entre os alunos nas salas de aula.

Os pais que desejarem manter o filho ainda em ensino remoto será mantida a estrutura online, pela Plataforma EducaDigital. “O retorno será seguro porque a cidade também se empenhou na evolução da vacinação da população”, afirmou a prefeita.

Qualidade

A qualidade do ensino presencial ou remoto será a mesma. Para o remoto, além da plataforma será mantido o Plantão de Dúvidas e o uso do material pedagógico distribuído nos convênios entre o município e o Estado. “Hoje as escolas já contam com uma internet rápida, com fibra ótica em 100% das unidades escolares”, lembrou o secretário.

A fibra permite a transmissão das aulas online por meio da ferramenta Educa Class, uma API (Application Programming Interface) inserida dentro da Plataforma Educa Digital que permite chamadas por videoconferência gastando menos dados e com mais segurança para os alunos.

A cidade avançou no retorno presencial conforme o controle da pandemia na cidade. No início, foi totalmente com aulas online e, para quem não tinha acesso tecnológico, era entregue atividades nas escolas. Depois passou para 30% em maio e, em setembro, chegou a 50%. Durante este período, já se encontrava em estudo uma nova ampliação.

Continue lendo

Notícias

Câmara de Valinhos vota lei que impõe teto sobre aposentadorias dos servidores

Artigo

em

Por

A Câmara de Vereadores de Valinhos vota nesta terça-feira projeto de lei, de autoria do Executivo, que impõe teto sobre as aposentadorias dos servidores da prefeitura. O Regime de Previdência complementarvai permitir que o servidor possa ter aposentadorias e pensões pagas com valores acima do teto do INSS, que hoje é de R$ 6.433,57. Atualmente os servidores recebem o mesmo salário da ativa quando se tornam inativos.

A prefeitura tem 415 aponsentados e gasta R$ 1,7 milhão por mês.

A adesão será obrigatória para as pessoas que forem admitidas após a sanção da nova lei.

Essa proposta será votada em segunda discussão e já foi aprovada em primeira, com voto contrário do vereador Marcelo Yoshida (PT).

Compensação financeira

Os parlamentares também irão votar outro projeto de lei que autoriza o município a fazer um termo de adesão com o Ministério do Trabalho e Previdência para que seja feita uma compensação financeira entre o Regime Geral de Previdência e o Valiprev. A medida permitirá o ingresso de recursos aos cofres do instituto, que estão retidos no INSS.

Continue lendo

+ VISTOS

Copyright © 2021, powered by Notícias de Vinhedo.