Connect with us

Notícias

Valinhos decide aplicar manobra para distribuir água por 45 dias antes de recorrer a racionamento

Artigo

em

Valinhos decreta 'bandeira vermelha' no abastecimento de água

Valinhos decreta ‘bandeira vermelha’ no abastecimento de água

Valinhos (SP) decidiu aplicar a partir desta segunda-feira (23) uma manobra para distribuir água entre os bairros por 45 dias, antes de recorrer ao racionamento, após registrar pontos de desabastecimento no fim de semana. Na prática, o departamento responsável pelo serviço (Daev) vai reduzir a pressão para os bairros em áreas baixas da cidade, enquanto haverá aumento para as regiões mais altas.

Uma reunião entre a prefeita, Capitão Lucimara (PSD), e integrantes do Daev oficializou a entrada do município na bandeira vermelha do Plano Municipal de Estiagem e Racionamento, onde também são previstas captações emergenciais. A decisão ocorreu após análise de dados técnicos do setor.

“Se não for suficiente para fazer com que a água chegue para todas as pessoas, é que se pode chegar a uma situação de racionamento”, explica o presidente do departamento, Ivair Nunes, com objetivo de tentar evitar a falta do recurso em pelo menos 12 bairros que podem ser afetados na crise hídrica.

A administração destaca que o cenário é marcado por escassez de chuvas e consumo elevado pela população, enquanto as reservas do município estão com indicadores reduzidos. Por isso, a reivindicação é para que a população faça uso consciente neste período de menor disponibilidade.

“Tem que estar consciente da utilização com coerência. Não lavar quintal, não utilizar para limpeza, em espaços internos, externos ou lavando carros. Tem que usar com parcimônia”, diz a prefeita. O Daev diz que intensificará as fiscalizações contra desperdício e ainda divulgará um contato para os moradores.

Até sábado, o percentual de reserva de água bruta nas barragens municipais estava em 68% na Santana do Cuiabano, 48% na Moinho Velho, 30% na Figueiras e em 5% na João Antunes dos Santos. Antes de registrar falta do recurso, o Daev alertou que a cidade estava “a um passo” do racionamento.

Prefeitura de Valinhos (SP) decretou ‘bandeira vermelha’ nesta segunda (23) por conta da situação dos reservatórios de água — Foto: Reprodução/EPTV

Situação crítica

Segundo o departamento, os níveis dos reservatórios não têm aumentado de forma suficiente durante a madrugada para dar suporte ao sistema de distribuição. Com isso, há queda na pressão do recurso aos imóveis durante o dia, sobretudo os que ficam nas áreas mais elevadas dos bairros. A orientação é para que a água não seja usada pelos moradores para lavagem de quintais, veículos e calçadas.

À EPTV, afiliada da TV Globo, o presidente da autarquia, Ivair Nunes Pereira, explica que a solução definitiva para o problema no município ocorrerá de médio a longo prazo, haja vista momento de crise.

“A solução definitiva passa por ações de governo ao longo do tempo. O prazo para execução de uma segunda adutora [captação no Rio Atibaia] é da ordem de aproximadamente oito meses. Se não for construída, esse problema da seca vai prevalecer e temos a expectativa de que elas sejam cada vez mais intensa. Se não solucionado, podemos conviver com o problema por mais tempo”, ressalta.

VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região

Continue lendo
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias

CAMPINAS ABRE 132 VAGAS TEMPORÁRIAS PARA AGENTE DE EDUCAÇÃO INFANTIL

Artigo

em

Por

A prefeitura de Campinas abriu nesta segunda-feira, dia 20, um processo seletivo para contratação emergencial de 132 agentes de educação infantil. As inscrições estarão abertas até às 23h59 desta quarta-feira, dia 22. De acordo com a administração, os selecionados começarão a trabalhar já no segundo semestre deste ano.

Segundo o edital, as contratações terão prazo determinado e não passarão de 12 meses. Os interessados devem ter Ensino Médio completo e ter mais de 18 anos, porém a prefeitura procura preferencialmente pessoas com experiência no cargo de agente de educação infantil (em atuação com crianças entre 0 e 5 anos), e que comprove empregabilidade nos últimos cinco anos, com, no mínimo, um ano ininterrupto de trabalho no mesmo empregador.

O salário será de R$ 2.391,80 para 32 horas trabalhadas por semana, além de vale-alimentação no valor de R$ 1.249,81. Das 132 vagas previstas, 99 são de ampla concorrência, 26 são para pessoas pretas e pardas, e sete são para pessoas com deficiência.

As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas através do site (https://cutt.ly/jKji7GW).

CAMPINAS ABRE 132 VAGAS TEMPORÁRIAS PARA AGENTE DE EDUCAÇÃO INFANTIL
Candidatos selecionados irão trabalhar em creches pelo período de um ano
Continue lendo

Notícias

6 filmes novos e levinhos para ver na Netflix, não pensar em nada e apenas aproveitar o domingo

Artigo

em

Por

Às vezes tudo o que precisamos é de um filme bobinho, levinho e descontraído que faça o tempo passar em compasso lento, sem grandes questionamentos ou exercícios de raciocínio. Às vezes tudo o que queremos são algumas horas de diversão e relaxamento e que tudo dê certo no final. Pensando em nossos leitores, cansados de uma semana exaustiva, a Revista Bula preparou uma lista de filmes levinhos e despretensiosos, perfeitos para um dia de descanso. Destaques para “Amor e Gelato” (2022), de Brandon Camp; “Lua de Mel com a Minha Mãe” (2022), de Paco Caballero; e “Os Olhos Negros de Marilyn” (2021), de Simone Godano. Os títulos disponíveis na Netflix estão em ordem alfabética e não seguem critérios classificatórios.

Imagens: Divulgação / Reprodução Netflix

Continue lendo

Notícias

Vinhedo inicia vacinação de quarta dose contra covid-19 para moradores de 40 anos ou mais no Sábado da Vacina

Artigo

em

Por

Além da imunização contra o coronavírus, serão aplicadas vacinas de sarampo em crianças e de gripe para todos os públicos acima de 6 meses

A Prefeitura de Vinhedo promove neste sábado (25) o Sábado da Vacina, quando inicia a aplicação da quarta dose da vacina contra covid-19 nos moradores com 40 anos ou mais, desde que tenham recebido a terceira dose há pelo menos quatro meses. O Sábado da Vacina inclui também as campanhas de vacinação de sarampo para crianças de 6 meses à véspera de completar 5 anos e influenza para toda a população acima de 6 meses de idade. A imunização acontece no Centro Médico, das 8h às 16h, por livre demanda, sem necessidade de agendamento.
 
A vacina da covid-19 será aplicada em moradores com 5 anos ou mais, inclusive segunda dose, respeitados os prazos de cada vacina; terceira dose para moradores com 12 anos ou mais desde que tenham tomado a segunda dose há quatro meses; e quarta dose para moradores com 40 anos ou mais, também respeitado o prazo de quatro meses da dose anterior.
 
A segunda dose da vacina AstraZeneca deve ser aplicada 56 dias após a administração da primeira dose. A segunda dose da Coronavac deve ser aplicada 28 dias após a administração da primeira dose. A segunda dose da Pfizer deve ser aplicada 21 dias após a administração da primeira dose nos maiores de 18 anos de idade e 56 dias após a primeira dose para a faixa etária de 12 a 17 anos de idade. A terceira e quarta doses devem ser aplicadas quatro meses depois da anterior.
 
A Campanha de Vacinação contra sarampo é voltada para crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), independentemente da situação vacinal, mesmo que esteja em dia com o calendário de vacinação. O objetivo é atualizar as doses que ainda estejam atrasadas, além de proteger esse público contra a doença. A campanha da gripe está aberta a todos os moradores, a partir de 6 meses de idade.
 
Sábado da Vacina
25 de junho
Centro Médico – Avenida Presidente Castelo Branco, 1.375, das 8h às 16h
Vacina de covid-19 acima de 5 anos
Sarampo para crianças de 6 meses à véspera de completar 5 anos
Influenza (gripe) para a população acima de 6 meses
 

Autor: Silvana Guaiume

Continue lendo

+ VISTOS

Copyright © 2021, powered by Notícias de Vinhedo.