Connect with us

Notícias

Vinhedo segue diretrizes do Estado e mantêm exigência de máscara em espaços abertos

Artigo

em

O governo estadual decidiu nesta quinta-feira (2) atender à recomendação do Comitê Científico para manter a exigência do uso de máscara em espaços abertos no Estado de São Paulo. Vinhedo segue as diretrizes do governo estadual. O órgão técnico pediu a manutenção da obrigatoriedade com a confirmação da variante ômicron do coronavírus em São Paulo. O Governo do Estado previa a flexibilização da medida a partir do próximo dia 11.

 Na recomendação feita ao Governo de São Paulo, o Comitê Científico apontou que há incertezas quanto ao impacto da variante ômicron às vésperas do fim de ano. Os períodos de Natal e do Réveillon costumam provocar grandes aglomerações, o que facilita a transmissão de doenças respiratórias como a Covid-19.

São Paulo foi o primeiro estado a instituir um Centro de Contingência da Covid-19 no país, em 26 de fevereiro de 2020, imediatamente após a confirmação do primeiro caso da doença no Brasil. Além disso, São Paulo foi um dos primeiros estados a exigir o uso de máscara e a implantar a quarentena.

Vacinação em SP

Em São Paulo, a vacinação contra a Covid-19 prossegue em ritmo acelerado, com os maiores percentuais de população imunizada no País. Nesta quinta (2), o Vacinômetro (https://www.saopaulo.sp.gov.br/) registrava 78 milhões de doses aplicadas nos 645 municípios paulistas, com 76,15% da população com esquema vacinal completo e 84,7% protegida por ao menos uma dose de imunizante.
 
Em comparação a países com população igual ou superior a 40 milhões de pessoas, São Paulo figuraria no quarto lugar entre as nações que mais vacinam no mundo, atrás apenas de Espanha (80,49%), Coréia do Sul (80,03%) e Japão (77,31%) e à frente de China (74,53%), Itália (73,03%), França (69,79%), Reino Unido (68,03%), Alemanha (68,06%), Brasil (62,92%) e EUA (58,23%). Os percentuais são atualizados periodicamente pelo portal Our World In Data, da Universidade de Oxford.

Imagem: EBC

Continue lendo
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Vinhedo retoma campanha de incentivo com picolés e livros para crianças vacinadas

Artigo

em

Por

A campanha de incentivo à vacinação e à leitura em Vinhedo continua sendo realizada em Vinhedo para crianças de 5 a 11 anos de idade, com distribuição de livros e picolés. As crianças imunizadas recebem ainda um certificado de coragem em seu nome. Nesta fase da vacinação de crianças, estão sendo imunizadas as que têm comorbidades e são deficientes. A campanha é realizada sem custos para a Prefeitura. Os picolés foram doados pela Sorveteria Ideal e Pomar da Amazônia. Os livros são da Biblioteca Municipal, doados por pessoas, entidades, autores e editoras.
 
A ação é coordenada pela Secretaria de Cultura e Turismo, em parceria com as empresas e a Biblioteca, e está prevista para ocorrer até fevereiro, enquanto houver picolés e livros para serem doados. Até esta quarta-feira, foram doados pelas sorveterias 1.150 picolés e 1.300 livros foram disponibilizados pela Biblioteca Municipal para serem entregues às crianças.
 
Esta semana, a vacinação acontece, até sexta-feira, em três Unidades Básicas de Saúde (UBSs) sem necessidade de agendamento. As doações de picolés e livros acontecem nesse locais, UBSs Vila Planalto, Vila João XXII e Meirelles (Capela). O atendimento nas UBSs acontece por ordem de chegada.
Vacinação de crianças de 5 a 11 anos com comorbidades e deficiência (PCDs)

Vacinação 

Dias 19, 20 e 21 de janeiro, quarta, quinta e sexta-feira

UBS Vila Planalto – Rua Brasília, 273, Vila Planalto
Distribuição de senhas a partir das 7h30
 
UBS Vila João XXIII – Rua Artur Biancalana, 120, Vila João XXIII
Distribuição de senhas a partir das 12h15

UBS Dr José Osmar Meirelles dos Santos – Rua Agenor de Matos, 170 – Capela
Distribuição de senhas a partir das 12h15

Comorbidades

Diabetes Mellitus
Pneumopatia crônicas graves
Hipertensão Arterial 
Insuficiência cardia
Cor pulmonale e Hipertensão pulmonar 
Cardiopatia Hipertensão
Síndrome coronarianas
Valvopatias
Miocardiopatia e pericardiopatias
Doença da Aorta,dos grandes vasos e fistulas arteriovenosas
Arritmias cardíacas 
Cardiopatia congênita
Próteses valvares e dispositivo cardíacos implantado
Doenças neurológicas crônicas 
Doenças renais crônicas 
Imunocomprometidos
Hemoglobinopatias graves
Obesidade mórbida 
Sindrome de down
 

Continue lendo

Notícias

Vinhedo continua vacinação de crianças com comorbidade e PCDs até sexta-feira (21)

Artigo

em

Por

A Secretaria de Saúde de Vinhedo vai continuar vacinando crianças de 5 a 11 anos, com comorbidades ou deficientes, até sexta-feira nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Vila Planalto, Vila João XXII e Meirelles (Capela). A vacinação estava prevista para acontecer até esta quarta-feira (19), mas foi estendida até sexta, nos mesmos locais e horários, sem necessidade de agendamento neste momento. Serão distribuídas senhas em cada unidade a partir do início do horário de atendimento, conforme os horários abaixo.
 
A Secretaria de Saúde que recebeu na sexta-feira passada (14) 360 doses para imunizar moradores com comorbidade e pessoas com deficiência na faixa entre e 5 e 11 anos, que estão sendo priorizados nessa etapa da vacinação desse público. Nesta quarta, mais 430 doses foram enviadas pelo governo estadual para esse público. O governo estadual ainda não divulgou o calendário de vacinação, mas a previsão é de que as demais crianças de 5 a 11 anos sejam vacinadas a partir de fevereiro por ordem decrescente de idade.  
 
O atendimento nas UBSs é por ordem de chegada. As crianças devem estar acompanhadas pelos responsáveis maiores de idade. É preciso levar Cartão Cidadão, documento com foto, CPF da criança, comprovante de endereço caso o morador não tenha o Cartão Cidadão e laudo, exame ou receita médica com comprovação da comorbidade.
 
A Secretaria de Saúde solicita ainda que os responsáveis levem o cartão de vacinação da criança. Caso a criança tenha recebido alguma vacina nos últimos 15 dias, não pode receber a imunização contra o coronavírus, é preciso esperar 15 dias. 
 
A Prefeitura solicita aos moradores que façam o pré-cadastro no Vacina Já, do governo estadual, https://www.vacinaja.sp.gov.br/. O pré-cadastro não funciona como agendamento, mas agiliza o atendimento dos moradores, evitando filas e demora, porque as informações cadastrais já ficam disponíveis no sistema. Moradores que não fizerem o pré-cadastro no site precisam preencher o formulário com as informações da criança no momento da vacinação. 
 
 
Vacinação de crianças de 5 a 11 anos com comorbidades e deficiência (PCDs)

Dias 19, 20 e 21 de janeiro, quarta, quinta e sexta-feira

UBS Vila Planalto – Rua Brasília, 273, Vila Planalto
Distribuição de senhas a partir das 7h30
 
UBS Vila João XXIII – Rua Artur Biancalana, 120, Vila João XXIII
Distribuição de senhas a partir das 12h15

UBS Dr José Osmar Meirelles dos Santos – Rua Agenor de Matos, 170 – Capela
Distribuição de senhas a partir das 12h15

Comorbidades

Diabetes Mellitus
Pneumopatia crônicas graves
Hipertensão Arterial 
Insuficiência cardia
Cor pulmonale e Hipertensão pulmonar 
Cardiopatia Hipertensão
Síndrome coronarianas
Valvopatias
Miocardiopatia e pericardiopatias
Doença da Aorta,dos grandes vasos e fistulas arteriovenosas
Arritmias cardíacas 
Cardiopatia congênita
Próteses valvares e dispositivo cardíacos implantado
Doenças neurológicas crônicas 
Doenças renais crônicas 
Imunocomprometidos
Hemoglobinopatias graves
Obesidade mórbida 
Sindrome de down
 

Continue lendo

Notícias

Sanebavi suspende rodízio de abastecimento de água até segunda-feira (24)

Artigo

em

Por

Medida vale a partir desta quarta-feira (19) até a segunda-feira (24), quando nova avaliação da situação hídrica do município será feita

A Sanebavi decidiu suspender o rodízio de abastecimento de água em Vinhedo, até segunda-feira (24), considerando as instabilidades no sistema da Estação de Tratamento de Água (ETA) 1 nos últimos dias, em função das manutenções realizadas na unidade. A medida vale a partir desta quarta-feira (19) até a segunda-feira (24), quando nova avaliação da situação hídrica do município será feita para definir a continuidade ou suspensão definitiva do rodízio.
 
“Vamos fazer uma análise durante esses dias de suspensão do rodízio, para ver como se comportará o sistema e, a partir disso, definirmos o prolongamento ou encerramento do rodízio. Se conseguirmos uma recuperação satisfatória, inclusive frente às chuvas, conseguiremos ampliar a oferta de água para a população.  A colaboração da população com o consumo moderado da água é fundamental neste período”, afirma o superintendente da Sanebavi, Jaderson Spina.
 
Dessa forma, a partir desta quarta-feira todos os bairros atendidos pelo Sistema ETA1, tanto do setor verde como o amarelo, terão o abastecimento sem interrupções durante os próximos seis dias, até a nova avaliação do sistema.
 

Autor: Sanebavi

Continue lendo

+ VISTOS

Copyright © 2021, powered by Notícias de Vinhedo.