Connect with us

Notícias

Vinho: a natureza e seus elementos, como o terroir, é a tendência

Artigo

em

vinho natureza

Ao escolher o vinho, cada vez mais os seus elementos naturais são levados em conta.| Foto: Bigstock

O foco das atenções hoje em dia quando falamos de vinho é a natureza. Cada vez mais a natureza. Quanto mais o rótulo e a bebida que está dentro da garrafa falarem aos elementos naturais do vinho, maior é o encanto e o atrativo. Até algum tempo atrás, a tendência focava na adega. Tanques de aço inox com controle de temperatura, barris de carvalho, leveduras empregadas na fermentação, tempo de curtimenta, estágio, fermentação malolática, bâttonage, gramatura e tosta dos barris de madeira novos e assim por diante. O vinhedo rendia baixa atenção. Vinhas e métodos de cultivo ficavam em segundo plano.

Mais do que compreensível, já que as novidades mais vistosas trazidas pela revolução enológica que mudou – para muito melhor – a criação dos vinhos, iniciada nos anos da década de 1960, eram focadas nos trabalhos e equipamentos de adega. Estiveram em plena efervescência até recentemente, quando, consolidadas e difundidas universalmente, passaram a ser assunto corrente.

Agora, a palavra de ordem é a vinha. Tanto o cultivo dos parreirais quanto as peculiaridades das plantas, como as diferentes castas e suas personalidades próprias. E os solos onde frutificam, em cada região, com encantos especiais que os tornam mais atraentes para certas cepas e tipos de bebida. É a cultura do terroir, com suas colorações únicas. Em suma, a natureza em sua manifestação direta, para formação do fruto que depois, trabalhado na adega, dará o vinho.

O foco não se limita aos nichos dos vinhos ditos naturais, orgânicos ou biodinâmicos. Volta-se a todo e qualquer vinho. Os consumidores cada vez mais querem saber de que solo e região saiu a bebida, quais as castas utilizadas, como foi o ano agrícola, quais os métodos empregados pelo produtor para o manejo do vinhedo e assim por diante. Por exemplo, a mesma casta plantada em um solo de xisto dará um vinho diferente de quando cultivada em solo granítico, calcário ou aluvial. Parreirais bem cultivados produzirão uvas melhores e mais completas, que farão um vinho superior. Com a internet na palma da mão, clica-se no nome do produtor ou do vinho e já se sabe com que cuidados ele foi feito.

Dentro desse conceito, nasce a tendência para que os vinhos sejam feitos a partir de uvas muito bem amadurecidas, da melhor saúde e qualidade possível. Também que o vinicultor não abuse dos artifícios químicos e sintéticos, defensivos e fertilizantes, no cultivo do vinhedo. Ainda, que as técnicas de vinificação e estágio privilegiem o encanto natural da bebida, evitando as fortes maquiagens possíveis na adega.
Ou seja, o público e os conhecedores apostam cada vez mais na personalidade da uva que dará o vinho e de sua relação íntima com a natureza. . Para que a pureza de sua expressão natural única seja o mais possível preservada com o cultivo do vinhedo e no processo de fermentação e estágio da bebida.

Temas dentro da tendência

  • Terroir: expressão francesa que significa uma casta (ou mais de uma) adaptada a determinado solo, produzindo um vinho de identidade singular. Num sentido amplo pode englobar uma região vinícola e num sentido mais estrito um determinado vinhedo.
  • Vinho orgânico: Produzido com uvas oriundas de cultivo orgânico, sem uso de defensivos ou adubos sintéticos nem organismos geneticamente modificados. Já a vinificação é livre e permite uso de aditivos, filtragens e os demais recursos.
  • Vinho natural: difícil e custoso de fazer, além de arriscado pois pode desandar. Significa que a uva é orgânica e que na vinificação não se usam aditivos. Difíceis de encontrar e, por enquanto, ainda um nicho cult de aficionados.
  • Vinho biodinâmico: processo que emprega elementos do cultivo orgânico e do vinho natural, mesclados com ingredientes esotéricos e astrológicos.

Veja Também:

Continue lendo
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE UMA RESPOSTA

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Carro pega fogo e mobiliza o Corpo de Bombeiros em Valinhos

Artigo

em

Por

Carro pegou fogo durante a manhã em Valinhos (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros de Valinhos)

 

Um carro pegou fogo na manhã desta quarta-feira (27) na Rua Vereador Walter Obmer Woelzke, próximo ao CLT (Centro de Lazer do Trabalhador), em Valinhos.

O Corpo de Bombeiros da cidade foi acionado. De acordo com a corporação, um casal que estava no veículo quando as chamas se alastraram não ficou ferido.

A via ficou interditada durante o atendimento. As chamas foram controladas rapidamente e o automóvel ficou parcialmente queimado.

Não se sabe o que teria causado o incêndio. 

Carro pegou fogo durante a manhã em Valinhos (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros de Valinhos)

Continue lendo

Notícias

DE CADA 10 MORADORES DE VALINHOS 8 ESTÃO IMUNIZADOS

Artigo

em

Por

Valinhos chegou, nesta terça-feira, dia 36, à marca de 198 mil vacinas aplicadas contra a covid-19 na população, sendo que 8 a cada 10 valinhenses, com idade superior a 12 anos, estão com os esquemas de vacinação completos.

O município registrou nesta semana o menor número de pacientes internados nos hospitais da cidade com a covid-19 em 2021, sendo um dos diversos efeitos positivos que a vacinação contra a doença gera.

Vá até a sede da Vigilância Epidemiológica, se você perdeu alguma dose da vacina, localizada na Avenida Brasil, 144, de segunda a sexta-feira das 8h às 16h, com documento de identificação, comprovante de vacinação e endereço.

Já os idosos com mais de 60 anos que tomaram a segunda vacina contra a covid-19 há 6 meses, estão aptos para a tomarem a dose de reforço, em alguma UBS, com esquema de distribuição próprio em cada unidade e também através do agendamento no site: valinhosportal.siss.online.com.br. 

Continue lendo

Notícias

VALINHOS TERÁ ‘CORRIDA DO DOCE’

Artigo

em

Por

A parceria entre as lojas Ápice Store, Belle Brás, Cacau Brasil, Toy Kids, Natura, Ponto 1, Cris do Monte, Cris do Monte II, Alore Semi Joias, Ateliê da Rô, VM Store, Sapeca, Vizual Calçados, Broken Phone, Link On e Sou Nude, todas de Valinhos, resultou em uma grande brincadeira para as crianças neste ‘Dia das Bruxas’.

As inscrições foram abertas hoje, dia 26, e o evento será sábado, dia 30, a partir das 9h. No dia da brincadeira, as crianças receberão um balde de abóbora para irem pegar os doces com as 16 lojas que estão participando da campanha e devem ser retirados até às 10h30.

Para fazer a inscrição e saber mais informações, entre em contato pelo Whatsapp (19) 988762706.

Continue lendo

+ VISTOS

Copyright © 2021, powered by Notícias de Vinhedo.